Pular para o conteúdo principal

OS INSTANTES DA VIDA



Mês passado sentir uma das maiores dores do ser humano, a despedida, o término da vida e entre as homenagens tinha uma frase clichê, que eu sempre repetia, mas só com esse acontecimento é que pude compreender de fato ela.
A vida é realmente um sopro e eu me entristeço por só ter entendido isso da forma mais dura possível.
A vida é um encontro e desencontro todos os dias,é um tchau,até logo,até amanhã que pode não acontecer. Eu não quero que esse texto lhe provoque a sensação que hoje é o fim,que o amanhã pode não existir,pelo o contrário quero aprender a valorizar mais os encontros com as pessoas do que as mensagens recebidas no celular,quero disfrutar mais as conversas,os abraços demorados do que a pressa para chegar em casa,quero me sentir muito mais grata e realizada quando as coisas simples do dia a dia acontecerem,do que as que passei horas e horas planejando.

Eu quero viver na certeza que se o amanhã não vier, ainda assim estarei feliz e tranquila porque eu soube valorizar e entender tudo o que ela nos traz.



Comentários